quinta-feira, 10 de setembro de 2009

O QUE REALMENTE IMPORTA

Antigamente, num reino e num mundo muito distante, o que fazia garotos de 10/11 anos de idade gostarem de Formula 1 era acreditar que seus ídolos, os pilotos, eram realmente super-heróis, que desafiavam a morte em cada curva e cujo caráter era acima de qualquer suspeita. Nem tínhamos tanta preocupação com a nacionalidade de nossos favoritos, e sim com a forma como eles "tocavam" as baratas. Sim, eram bons tempos. E para deixar um gostinho de saudades, em Monza, onde domingo se realizará mais um Grande Prêmio, apesar da pista ter sido mutilada, a corrida será apenas secundária, pois o que vai estar na mente de todos é a que ponto de desonra chegou o esporte de meus heróis do passado. Em 1971, sem chicanes, sem reabastecimentos, sem meio-termos, os caras sentavam a pua. E a chegada? Assistam.

Um comentário:

Paula disse...

Foram bons tempos realmente, o que eu costumo chamar, a pura e a verdadeira F1.