sexta-feira, 17 de abril de 2009

CHINA: PALPITARIAS & CIA



Já falei aqui nesse espaço que sou péssimo em fazer previsões sobre resultados de corridas, especialmente os Grandes Prêmios. Assisti (entre cochilos) pela SportTV o primeiro treino livre na madrugada passada para o GP Chinês, e vi o Hamilton marcar o primeiro tempo. Quase corri para o computador para escrever algo à respeito também, mas me contive, pois não fiquei inteiramente convencido de que os outros, especialmente as Brawn estavam mostrando todas as cartas. Sei das qualidade de piloto de Hamilton, claro, mas a Mclaren ainda não me convenceu, mesmo com difusor "genérico".
Com o segundo treino alguma normalidade já pôde ser sentida, ou seja, as Brawns na frente (pelo menos uma delas, a de sempre, Button), seguida pelo novo leão de treinos, Rosberguinho e sua Willians "cavalo paraguayo".  Logo atrás, vem Rubens Barrichello, e sobre esse, tenho algo a dizer. Ok, Button vem se qualificando e classificando na frente, mas espera lá: foram apenas duas corridas, e o campeonato tem 17 ou 18! Não estou dando uma de "advogado do diabo", apenas dizendo que essa pressão exercida pela imprensa sobre Rubinho realmente não tem sentido de ser, ele tem feito um bom trabalho, mesmo que o desempenho de Button seja superior no momento. Esses dois correram juntos no ano passado e nosso piloto marcou 11 pontos contra nenhum do inglês, portanto, são pilotos no mínimo parelhos, não vejo razão de tamanha histeria. Aliás, com o histórico que Barrica tem nessa pista, onde venceu e convenceu em 2004, estou apostando nele para a vitória nesse ano também, e não venham me acusar de bairrismo, sou sim um crítico severo e vejo nele qualidades de ótimo piloto.
Todas as outras posições no treino merecem análises, mas não acho que isso seria tão importante quanto analisar a configuração final do grid para a corrida, o que pretendo fazer na madrugada. A Ferrari parece estar tendo problemas bem sérios mesmo - e ninguém aí vem dizer que o Massa e o Kimi são maus pilotos (o que seria besteira, ambos são ótimos pilotos) - por que pegar no pé do Rubinho? Quanto ao Nelsinho, sinceramente, á essa altura, já não me atrevo a defende-lo, pois realmente acho que está fora de seu elemento na categoria e que se continuar nessa tocada, não atinge a metade da temporada.
Outro destaque extra-pista foram as bobagens ditas pelo "caçador de manchetes" Flávio Briatore, prontamente rebatidas por Button e por Rubinho. Da minha parte acho a maior babaquice ficar batendo boca pela imprensa, o Briatorre faz isso com certa frequência, mas sendo italiano e pavão do jeito que é, faz sentido. Nem Button e nem tampouco Rubinhos são pilotos meia-pataca como ele quis afirmar, e sua meia verdade "temos em Alonso e Piquet dois pilotos campeões do mundo" - a meia verdade em questão é que apenas o primeiro é campeão, o segundo foi uma pálida promessa.

Um comentário:

meucorpoumjardim disse...

Aposto que se tu falasse de calcinhas,esmalte perfume vinha mais gente ler isso.