terça-feira, 12 de janeiro de 2010

CURTAS E EFÊMERAS CONSIDERAÇÕES




Schummy testando um carro da GP2, enquanto os pilotos novatos são proibidos pelo regulamento de efetuarem qualquer teste. Parece injusto e é. Não discuto que seja um grande negócio para a Formula 1, ainda esfolada por tantos escândalos recentes ter o seu maior vencedor de volta, mas há que se ter equilíbrio e praticar justiça. Jean Todt, velho companheiro de armas do teutônico queixudo na presidência da FIA, parece meio suspeita esta permissão especial. Sei não.
Nelsinho Piquet correndo na Nascar. Seria o caso de dar uns dez passos para trás para pegar impulso e tentar correr para a frente novamente? Sei não. De tudo o que ocorreu, ainda deve sobrar um custoso processo na justiça européia ( sempre escrevo justiça com minúsculos mesmo - pelo menos para a justiça dos homens) para os Piquet "pere et fils". Correr na quarta divisão da Nascar me parece meio sem propósito, pelo menos em termos de tentar resgatar a carreira. Pelo menos de muro ele entende como poucos.
O Jornal italiano "Corriere della Sierra" traz hoje uma nota no mínimo intrigante: que Bruno Senna deixará a problemática equipe espanhola Campos-Meta antes mesmo do início da temporada e correrá pela Toro Rosso. Vejamos: são preocupantes as notícias em relação à situação da equipe ibérica, que não parece ser capaz de fechar seu pacote econômico e muito menos o técnico. Notícias dão conta que os pagamentos à Dallara que está fabricando o carro, estão atrasados, não sabemos quem será o segundo piloto, nem mesmo os patrocinadores. Parece que para Senna, a Toro Rosso seria uma opção mais plausível, e certamente ele teria condições de "peitar" o médio Buemi. Sobraria para o Jaiminho, mas este talvez se acomodasse na Campos-Meta, sendo espanhol também. Veremos.

Um comentário:

brasil disse...

Acho que vai ser melhor pro Bruno, se ele for parar na Toro Rosso. Pelo menos eles já têm um carro que anda, né?
E a Campos nem anda quebrando bicos como a incógnita USF1 (bota no You Tube ora ver os crash tests deles; carro não tem,mas bico quebrado tem demais!hehehe).
Mas falando sério: sendo isso verdade, Bruno Senna teria muito a ganhar.
E Schumi sempre terá as suas molezas, infelizmente. Prefiro lembrar que teremos um grande campeonato.