domingo, 21 de fevereiro de 2010

DOMINGUEIRAS


E faz sol e acabou o horário de verão e os testes (pouco conclusivos) dos novos Formula 1 na Espanha. E os vexames (Campos e USF1) em nível global, os piratas sérvios (coitados, nem sei por que são chamados piratas, talvez pelo fato do tal Stefanovic ser realmente um traficante de armas), as incertezas dos pilotos, os valores excessivos pagos por alguns apenas pelo dúbio privilégio de sentarem-se num carro da categoria máxima, com poucas ou nenhuma chance de serem competitivos.
Sei lá, já escrevi aqui antes que as coisas estão ficando confusas para mim. Acho que pode ser a idade, ou as chuvas em excesso das últimas semanas, ou o sol bonito que faz hoje. Pagar 15 milhões de euros para correr no segundo carro da equipe Renault, como é o caso do russo Petrov, parece ser um tanto quanto exagerado. Eu acho que não pagaria 15 milhões de euros nem para andar de Ferrari. Quinze milhões, deixa ver, daria para comprar.....ah....deixa para lá.
Falemos dos resultados na pista dos testes efetuados por quase todas as equipes na Espanha, que se encerram ontem. Aliás, muita chuva e tempo decente só ontem mesmo. O que nos remete aos bons tempos dos anos oitenta quando o GP do Brasil, então realizado no Rio de Janeiro era o palco da abertura do campeonato mundial de Formula 1, e os testes pré temporada eram realizados aqui. Tive a oportunidade de comparecer uns dois ou três anos, e o clima era para lá de descontraído, com pilotos de calções, mulheres mil, sem frescuras ou assessores de imprensa (esta praga do mundo moderno).
Ontem o atual campeão mundial, Jenson Button, parece que finalmente "pegou a mão" de sua nova barata, a Mclaren, e fez o melhor tempo, sendo o único piloto a rodar na casa do 1 minuto e dezoito segundos. Pelo que se pode observar nos dias de testes, as equipes grandes, Mclaren e Ferrari não se deixarão surprender como no último ano, quando a Brawn, oriunda da Honda, ofuscou a todos na primeira parte do campeonato com seus difusores duplos, e levou os campeonatos de pilotos e construtores. A Ferrari parece ter um bom carro, e Fernando Alonso já declarou que é o melhor carro que ele já pilotou (no entanto, ele diria isso, claro, em sua atual campanha para angariar simpatia entre os Tiffosi). A Mclaren com um carro bom e uma dupla de pilotos para lá de eficiente também aparece bem, na pré temporada. A Red Bull e seu "wonder boy" Vettel, e o canguru papudo Webber, mais uma vez parece ter um projeto consistente saído das pranchetes de Adrian Newey. A Mercedes, ex-Brawn GP com sua dupla totalmente alemã, com Schummy e Rosberguinho também tem bala na agulha, notadamente pelo renascimento da parceria Ross Brawn/Michael Schumacher. As Sauber e seu incrível Koba-sam também rodaram bem, assim como as Toro Rosso com o cada vez mais consistente (e boa surpresa, pelo menos para mim) Buemi. Na Renault, muito trabalho tem sido feito, e Kubica parece gostar de desafios. As Force India vieram com um projeto honesto e uma boa dupla de pilotos, privilegiando a estabilidade em Sutil e Liuzzi, no que fizeram bem. Dentre as novatas, temos a boa supresa da Lotus com sua experiente dupla Trulli/Kovallainen e a Virgin, com o bom Glock e a esperança di Grassi - que apresentou problemas, mas que podem ser superados. Achei discretas as apresentações da Williams com Barrichello parecendo ter mais velocidade que a revelação alemão Hulkenber, pelo menos por enquanto.
De qualquer maneira, os prospectos de uma ótima temporada estão aí. Modificações no sistema de pontuação, proibição de reabastecimentos, fazendo com que os carros larguem com bastante peso e com o equilibrio mudando bastante durante a corrida, fazendo com que a sensibilidade dos bons pilotos tenha um peso ainda maior no resultado final das corridas. E Bahrein, já está aí. Com os fracassos Campos e USF1 provavelmente de fora, e os "outsiders" Stefan GP prontinhos para entrar na festa de penetras. Vamos que vamos!

4 comentários:

Rui Amaral Lemos Jr disse...

Bela foto do Emerson ao lado do Senna. Emerson foi e é grande em tudo até na humildade que privilegia os grandes campeões. Sou fã do Rato!

Cezar Fittipaldi disse...

Idem Rui!

Marcos Masiero disse...

Olá Cezar. Faz tempo que quero lhe escrever. Fantástico o seu blog. É leitura obrigatória todo dia! Parabéns. Convido para que dê uma olhadinha no meu blog:
blogmcrm.blogspot.com

Um abraço.

Marcos masiero

Cezar Fittipaldi disse...

Opa Marcos.

Gentis palavras as suas, muito grato. Ta corrido, tenho escrevido menos do que gostaria. Vou dar uma espiada no seu blog, obrigado.

Abração.