sábado, 11 de julho de 2009

CLASSIFICAÇÃO DO GP DA ALEMANHA: WEBBER CONSEGUE PRIMEIRA POLE EM TREINO CONFUSO


Com as condições de pista variando a cada minuto, os treinos para o Grande Premio da Alemanha em Nurburgring nesse sábado, foram os mais imprevisíveis de toda a temporada até aqui. Na segunda etapa, por exemplo, o mais rápido foi Rubens Barrichello que soube interpretar corretamente as necessidades de acerto e de pneus para aquele exato momento, seguido, de forma surpreendentemente por seu compatriota Nelsinho Piquet na segunda Renaut. Com uma rodada atípica, Fernando Alonso ficou fora dos dez que passariam a última sessão, fazendo com que após 27 corridas, Piquet finalmente o superasse num treino oficial. Com a corda no pescoço, entre boatos cada vez mais fortes de que seria este o seu último Grande Premio pela Renault antes de ser demitido em favor do francês Roman Grosjean, Nelsinho no entanto, não soube capitalizar o bom momento e foi apenas burocrático, ficando com a décima e última posição do treino final para a largada de amanhã.
Na última parte do treino tudo poderia acontecer. E no finalzinho, Mark Webber, pela primeira vez em sua carreira feita de muita garganta e auto-promoção ( ele é rápido sim, mas não tanto quanto auto-apregoa) conseguiu fazer o melhor tempo num treino e larga na pole position. Seu companheiro Seb Vettel conseguiu a quarta posição. Barrichello superou Button e larga na primeira fila. Hamilton e Kovalainenn largam em quinto e sexto á frente do surpreendente Adrian Sutil que conseguiu o milagre de classificar a Force India à frente das duas Ferraris, Massa em oitavo e Kimi em nono.
Se as condições de tempo continuarem instáveis amanhã, tenho a impressão que Rubinho e Vettel irão se destacar. Quanto à Button, já está correndo pelo campeonato, uma vez que sua vantagem é tão grande, que seria burrice se arriscar em demasia neste momento. Afinal, após ter dito em entrevista que é o melhor piloto da história ( exagero megalômano que pode ser atribuído ao alcool ou alguma bolinha....) é prudente ser campeão mesmo.

3 comentários:

Ron Groo disse...

Eu não achei confuso não, achei variado e emocionante.

E fiquei particularmente encantado com Adrian Sutil.
A sétima colocação foi surpreendente.

Paula disse...

Não tem nada haver com o post, mas tenho de partilhar com o meu amigo Cezar:

amanhã irei ver uma corrida de F1 históricos no circuito da Boavista, Portugal, vou finalmente poder ver aquelas máquinas dos anos 60,70 e 80 :)
E mais, com a presença do espectacular Stirling Moss.

Um sonho :)

abraços, Paula Peixoto

P.S. - Depois mostro as fotos.

Cezar Fittipaldi disse...

Poxa Paula....me deu uma inveja boa de você agora....ainda mais com a presença do grande Stirling. Aproveite bastante. Nós brasileiros, íamos ver os históricos da F 1, mas foi cancelada por problemas financeiros.
abraços