domingo, 27 de junho de 2010

CASTANHOLAS ESPANHOLAS, UM KAMIKAZE CANGURU E UM TOUREIRO JAPA



Sim, a corrida foi chata demais. Tirando as partes que não o foram! Estou parecendo um amigo meu que fala coisas sem nexo, tipo: eu não sei quantos caras tinha no show daquela banda que eu não me lembro o nome, naquela cidade, como é mesmo o nome? Enfim.
Valência Tilkeana = até rima com bafana dungana e me engana. Pistinha de quinta, que promove velocíssimas procissões todos os anos. Hoje os destaques foram o controle e a frieza de Vettel, a má largada e o consequente desespero de Webber, o canguru papudo quis voar, mas seu brevet de vôo deve estar vencido e a combatividade de Koba-san. Além da esperteza de Hamilton, o "apitaço" de Alonso e as punições em massa. Por falar em Massa, ele até começou bem, mas depois se apagou e piloto da Ferrari não pode fazer isso, é pecado mortal.
Barrichello se destacou, mantendo Kubica atrás de si, e por mais que o polaco narigudo tentasse, sempre havia um Williams um pouquinho à frente. Melancólica a exibição dos times da série B, se arrastando na pista e realmente atrapalhando os adversários e empatando a carreira de seus outrora promissores pilotos. Kobayashi foi um dos destaques, andando muito tempo em terceiro, aproveitando-se da entrada do Pace car na volta oito, após o horripilante acidente de Webber, que incauto, atropelhou o pobre Kova lento. O japonês ficou na pista e foi alçado ao terceiro posto que defendeu bravamente. Faltando 4 voltas para o final fez a obrigatória parada para substituir os sapatos, e deu um show de combatitividade, "papando" o muso Buemi e o chorão Alonso. Este aliás, protagonizou um momento curioso da "carrera": denunciou por rádio uma infração cometida por Hamilton, ao ultrapassar o Pace Car indevidamente — pelo qual o inglês foi punido e espertamente acelerou bastante e conseguiu voltar na mesma segunda posição de antes. Teria Hamilton chances de ameaçar Vettel? Talvez alcançar na pista, mas passar, é altamente improvável. De qualquer maneira, apesar da chatisse, a prova teve suas peculariedades e deverá ser lembrada pela decolagem de Webber e as lindas ultrapassagens da Sauber branca de Koba san.

5 comentários:

Rui Amaral Lemos Jr disse...

Cezar, foi muito feio o erro do Kovalainen, podia ter matado o Webber. Deveria tomar uma suspenção de várias corridas, ou uma daquelas que sobrou do carro do Webber na cuca p/ ver se aprende.

Rui

Ron Groo disse...

Mas é que fui num GP de Valência assistir uma procissão
Que tremenda decepção
Eu bati que o Alonso era rico e legal mas
Ele era do time da intregação
O bicho esticado em nono
Era dedo nervoso e eu não sabia
Enquanto a malandragem fazia a cabeça
O indicador do safado tremia

Era caguete sim .. Era caguete sim ..
Eu só sei que a FIA pintou na procissão e o dedão do safado apontava pro Lewis

Caguete é mesmo um tremendo canalha
Nem vencido não dá sossego
Chegou no inferno entregou o Diabo
E lá no céu caguetou São Pedro

Ainda disse que não adianta
Por que a onda dele era mesmo entregar
Quando o caguete é um bom caguete
Ele cagueta em qualquer lugar

Era caguete sim .. Era caguete sim ..
Eu só sei que a FIA pintou na procissão e o dedão do safado apontava pro Lewis.

Cezar Fittipaldi disse...

Eu admiro o talento do Alonso como piloto, mas como caráter ele é no mínimo, duvidoso. Depois de Cingapura 2008 ele deveria era ficar quietinho e torcer para todos esquecerem as sacanagens de Briatore et caterva. Além disso o Hamilton está pilotando mais que ele, o que deve deixa-lo put[íssimo.

Antonio Manoel Cardoso Ribeiro disse...

Cezão

A Alonso pode ser de caráter duvidoso, mas devemos compara-lo ao Massinha (Reuteman) que tá levando um vareio na equipe Ferrari.
Quanto ao Hamilton , concordo que o cara anda uma enormidade.
O Weber calculou mal a trajetória e se deu mal,ele sabia que era o kovalento que tava ali, por isso tambem tem parte de culpa no acidente.

Abraço
Manoel
Ourinhos

roberto zullino disse...

Não há o que falar, mas quem bate atrás é sempre culpado. A Lotus comemorando seu 500 GP quase manda mais um para o andar de cima, involuntariamente como sempre, o Canguru Perneta viu a porta, mas resolveu não entrar.