domingo, 6 de junho de 2010

AMADORISMO NA STOCK: CORRIDA PÉSSIMA, REGRAS IDEM E CONSTERNAÇÃO GERAL

Ao contrário de muitos, eu até gosto da Stock. No papel tem tudo para ser bem sucedida: carros idênticos com motores (possantes) idem, pilotos de alto nível, divulgação profissional e cobertura da maior rede de televisão das Américas e talvez das galáxias. Na prática... Lamentável as improvisações e falta de seriedade dos organizadores. Assisti a corrida de hoje, esperando que fosse interrompida a qualquer momento pelo campeonato mundial de peteca (como tem sido a norma nas coberturas "embutidas" no desgastado Esporte Espetacular da RGB), mas exceto pela realmente eletrizante final do NBB (Novo Basquete Brasil) entre Brasília e Flamengo, a corrida foi fielmente transmitida aos fãs. E que parvalhice! A pista "mickey mouse" , de algum aprendiz de Tilke foi palco de uma procissão pagã, onde um simples pneu furado (no carro do Julio Campos) foi capaz de causar um atrapalhado engavetamento de trapalhões sem ter para onde escapar. Houve gente entrando nos boxes pela contra-mão (Antonio Jorge Neto), confusão no número de voltas e finalmente uma prova reduzida em nove voltas ( de 38 originalmente previstas, ou seja, mais de vinte por cento) por conta de alguma conta maluca. Não sou o fã número um do Cacá Bueno, apesar de reconhecer nele um inquestionável talento, talvez pela "malice" de seu pai. Mas hoje ele falou com convicção, personalidade e coragem. Subiu no meu conceito. Vejam o vídeo, "roubado" do site Tazio.

3 comentários:

Rui Amaral Lemos Jr disse...

Quando vi os carros andando na pista percebi que coisa boa não ia sair de lá. Aquilo é pista de Kart, não assisti, precisa ver se ele falaria dessa forma se tivesse chegado em 1º, mas de qualquer forma falou e isso é importante. Agora a outra corrida de rua?

Abs

Rui

Ron Groo disse...

Nunca tinha visto um piloto falar desta forma da própria categoria.
E sinceramente? Mesmo com todas as reservas que tenho contra Cacá, ele está correto.
Mais profissionalismo não faz mal a ninguém.

Jean Corauci disse...

galera eu fui na corrida, sou de Ribeirão Preto, vou ser sincero nunca tinha ido em um GP, lá no blog dei a minha opinião sobre tudo, mas o desenho do circuito foi horrivel, tem tanta parte da cidade melhor para fazer a pista, eu não gosto do cacá e passei a gostar menos durante a visitação dos boxes nesta etapa, mas o que ele falou nota 10 para ele