domingo, 26 de setembro de 2010

PELA DEMOCRACIA E CONTRA A CENSURA

Para o bom entendedor, meia palavra basta. Contra aqueles que querem silenciar a imprensa que ousa pensar e escrever diferente. Contra qualquer tipo de totalitarismo cafajeste, que ultimamente vem assolando este pobre país.Obras do artista Gil Vicente, expostas na Bienal de Arte de São Paulo.

5 comentários:

Mauricio Morais disse...

Estamos vivendo um tempo realmente extranho em nosso país e até no mundo. Estamos oscilando para extremos totálitários e intrasigentes, e pior, em nome de uma falsa liberdade.

Ron Groo disse...

Forte... Muito forte.

Fluzão Eterno disse...

Criei um blog sobre meu time de coração que é Fluminense e gostaria de perguntar
se você poderia me ajudar fazendo uma parceria de link comigo,desde já muito
obrigado e parabéns pelo seu blog:
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Fluzão Eterno

Rui Amaral Lemos Jr disse...

Particularmente não gostei, mas nunca tiraria o direito de se expressar.
Mauricio, vc e eu sabemos quão ele é sagrado.
Concordo com o Mauricio.

Um abraço aos dois

Rui

brasil disse...

Onde essa ameaça à democracia?

Eu, que tenho menos de trinta anos, não peguei o golpe de 64, mas parece muito clara a analogia: a mesma direita inventa um fantasma de golpe contra a democracia para justamente frear o processo democrático. Daquela vez apoiou-se os militares para um...golpe! Um tiro que saiu pela culatra para alguns, mas outros ficaram bem satisfeitos...

Isso sim é coisa de país mesquinho: direita que joga contra nós próprios. Não tenho nada contra o direito de escolher o tipo de pensamento que mais lhe apraz, mas a direita brasileira atenta contra o país se preciso for para garantir sua hegemonia socioeconômica.

É a sua opinião e a respeito, naturalmente. Abraços.