sexta-feira, 11 de novembro de 2011

ONZE PILOTOS QUE TIVERAM MÁ SORTE USANDO O NUMERO 11 - FAIL TOTAL

Rubens e o onze da Williams: pendurar chuteiras?
Robert Kubica e a Renault: azar fora da pista.
Trulli e a Toyota: decadência.
Ralf Schumacher e a Toyota: fim de linha.
Alesi e a Sauber. No....
Pedro Lamy e a Lotus em 94. Para, Pedro!
Mimmo Schiattarella e a Simtek: desastre.
Panis e a Prost.
Fisichella e Sauber em 2004 = anno a dimmenticare!
Villeneuve e a Sauber em 2005= nada memorável.
Barrichello com a Honda em 2006- certamente um ano para esquecer!

Alguns exemplos de o número onze não traz, necessáriamente sorte para quem os usa:  são onze casos de pilotos que ao correrem com o malfadado quase enterraram suas carreiras!

2 comentários:

Ron Groo disse...

Sensacional, e tem o Barricas duas vezes.

Rui Amaral Jr disse...

Cezar, esse seu amigo aqui nunca conseguiu terminar uma corrida com um carro amarelo, independente do nº, ainda bem que nunca usei o 11, acho!!!rsrsr


Putabração